Como montar uma Loja Virtual de Sucesso!

Olá seja Bem Vindo ao Estratégias Digitais, um blog com artigos voltados às principais Soluções Digitais disponíveis no mercado on-line atualmente.

Ficamos felizes com o seu interesse em Lojas Virtuais, e com muita satisfação lhe informamos que pesquisas recentes divulgadas pela empresa E-Consulting, apresentam mais de R$ 65 BILHÕES movimentados pelo comércio eletrônico no primeiro semestre de 2015.

Este é, com certeza, um dos poucos segmentos que seguem em crescimento acelerado no país.

Como faço para entrar nesse setor econômico que cresce abundantemente?

A Resposta não é tão simples. Nossa primeira dica é fundamental para você continuar, ou não, lendo esse artigo. Profissionalismo. O universo on-line se profissionalizou a ponto de se tornar exigente ao extremo, é primordial se capacitar e contratar serviços específicos profissionais para empreender na rede. Antes de se decidir por mergulhar no mercado on-line, você precisa conhecer e dominar alguns conceitos básicos desse tipo de comércio.

1° - O Mercado.

O comércio eletrônico reúne algumas particularidades. O atendimento continua sendo o principal aliado da fidelização do cliente, mas esse mercado é dinâmico e muda repentinamente, além de apresentar concorrência acirradíssima. O que define as escolhas dos consumidores on-line são três fatores distintos: a qualidade do produto (básico), a credibilidade da marca e o preço. O segundo fator justifica-se pelo fato do usuário não estar vendo o produto pessoalmente, então é preciso ter muito cuidado com a apresentação desse produto e com a exposição de marca da sua empresa (logomarca, slogan, layout), para gerar credibilidade e conquistar a confiança do consumidor on-line. O terceiro item é determinante pelo fato do consumidor ter acesso fácil a todos os seus concorrentes, podendo fazer, em poucos cliques, uma pesquisa de mercado que lhe apresente um valor mais satisfatório.

2° - Localização.

Quem não é visto não é lembrado... Peraí! Estamos falando de comércio eletrônico, como assim localização? É isso mesmo, tão importante quanto nas lojas físicas, a sua localização no mercado on-line é preponderante para definir o sucesso de seu e-commerce. No caso do comércio eletrônico, a localização é a sua colocação nos principais mecanismos de buscas (google, bing, yahoo e ask), que é onde seus clientes lhe encontrarão. Para esse item em particular existe uma solução muito eficaz que se chama SEO - Search Engine Optimization, ou Otimização para Buscadores, numa tradução meio grosseira. Lembre-se dessa sigla SEO, e se não souber do assunto ao menos cobre isso do profissional que irá desenvolver o seu projeto.

3° - Público-Alvo.

É importante estar atualizado no mundo digital para entender as tendencias e escolhas dos usuários, não basta identificar o seu público alvo, no universo on-line é preciso criar um vínculo com o consumidor. Para isso é preciso construir um elo de comunicação. Que tipo de dados você costuma captar de seus clientes? Endereço, telefone, perfil do facebook, watsapp? Tudo errado! Não vou dizer que são dados dispensáveis, mas o mais importante, o vínculo que nunca se encerra, é o e-mail!

Preste atenção: as redes sociais se vão (Morpheus, IRC, MIRC, Orkut, MSN), os telefones hoje em dia são descartáveis (Chips), os endereços mudam, mas o e-mail permanece o mesmo. O meu por exemplo é do Hotmail e já existe há mais de 20 anos, sobreviveu a todos os exemplos que citei de aplicações ultrapassadas, e por ironia do destino foi o cadastro de todas elas, e é atualmente cadastro do Facebook, Youtube e outras aplicações pessoais modernas.

4° - Comunicação.

A tecnologia atingiu patamares extraordinários e a comunicação na rede ganhou milhares de dispositivos eletrônicos e aplicativos diferenciados. Hoje a rede é acessada pelo Computador (principal Dispositivo), Tablet, Smartphone, Celular, Televisão, Rádio, Vídeo Game, Players Portáteis, Máquinas Fotográficas, Filmadoras, instrumentos musicais, enfim, uma infinidade de dispositivos e é indispensável que a sua marca se adapte para aparecer na maior quantidade deles possível. Para solucionar essa questão existe um serviço que é denominado de Layout Responsívo, ou na nossa tradução grosseira, formato adaptável. É importante que seu portal tenha ao menos os formatos mais usuais da atualidade (desktop e mobile).

5° - Acessibilidade.

A máxima americana ‘time is money’ agora é mais válida do que nunca. Os Usuários de internet geralmente acessam a rede de seu refúgio preferido, eles buscam conforto e praticidade. A facilidade de acesso e velocidade de resposta podem fazer a diferença em um mercado tão igual. É importante criar uma rede de contato direto com o consumidor e que tenha diversos canais disponíveis. Uma Central de Atendimento por telefone, e-mail, Chat ao vivo, hangout, formulários whatsapp, facebook, google+ e landing pages.

Uma modalidade que está em grande evidência, é um formulário do tipo ‘deixe seus dados que nós entramos em contato com você’. Além do fator facilitador o empreendimento ainda cria uma lista de contatos fornecida espontâneamente, do veículo de preferência do consumidor (telefone, whatsapp, e-mails, etc).

6° - Privacidade

Para garantir total segurança e a confidencialidade das informações cadastrais e financeiras dos compradores, é importante que sua loja possua um sistema de segurança criptográfica para lidar com os dados do cliente.Diversas empresas oferecem o serviço, denominado de Certificado de Segurança. Os dados criptografados só podem ser acessados pelo comando de origem, ou seja pelo sistema ao qual estão cadastrados.

7° Políticas da Empresa

E se o seu cliente quiser trocar o modelo da compra? Como ele fará para alterar, trocar ou cancelar a compra? Essa pergunta é frequentemente feita nos principais fóruns tira-dúvidas de e-commerce. É obrigatório todo estabelecimento possuir políticas de Privacidade, Compras, Vendas, Trocas e Devoluções, Cancelamentos, e outros itens opcionais como a Política de Reservas por exemplo. No caso de Prestação de serviços é indispensável publicar os Termos de Uso dos Serviços. Não basta criar a sua política, ela deve ficar bem exposta e com acessibilidade rápida em seu estabelecimento virtual.

8° Formas de Recebimento

Não pense que 12X no Cartão e até 03X sem juros é cafona e ultrapassado, isso é sabedoria milenar aplicada desde os primórdios do comércio. Em meio à turbulência de uma recessão econômica opções diferenciadas de pagamento podem ser o atrativo definitivo para estabelecer a transação comercial. A forma mais usual de pagamentos no comércio eletrônico é o parcelamento no cartão de crédito. Os pagamentos à vista no boleto ou transferência bancária também são opções indispensáveis.

Existem muitas empresas que prestam esses serviços no mundo inteiro, geralmente cobram comissão por transação. que variam de 03 a 10%. Os pagamentos são pré-agendados conforme os termos de uso do serviço e recebidos através de uma conta bancária cadastrada. O mais indicado para trabalhar no Brasil é o PagSeguro. Já para transações internacionais indicamos o Paypal.

Entendi, agora quero saber como criar minha loja virtual?​

Agora vai depender de seu conhecimento técnico ou de sua disponibilidade financeira. Existem, hoje em dia, diversos portais de ‘Marketplace P2P’, que oferecem plataformas com layouts pré-definidos que criam lojas virtuais com valores que variam de R$50,00 a 250,00 mensais dependendo da quantidade de produtos cadastrados ou do volume de vendas.

Os Portais de lojas virtuais oferecem uma plataforma completa com diversos aplicativos para venda, parcelamento, cálculo de frete, cesta de produtos, seleção de tamanho, cor, entre outros aplicativos para facilitar a venda. Esses serviços exigem um pequeno conhecimento técnico em design, para o usuário conseguir criar um layout, uma personalização que se adeque ao sistema pré-montado.

O ponto fraco é que são limitados na questão estética e ficam praticamente iguais aos outros portais que contratam o mesmo serviço, mudando apenas a logomarca do estabelecimento e cores em geral.

Ou o usuário pode optar por contratar um serviço especializado de Webdesign, profissionais que criam layouts responsivos com ambientes virtuais personalizados e exclusivos para o seu empreendimento. Geralmente esse tipo de serviço custa entre 2.000,00 e 8.000,00 (programação e design, sem o conteúdo) dependendo do tamanho e necessidade do empreendimento.

Pronto, agora é só cadastrar seus produtos e não esqueça de criar uma boa Estratégia de Divulgação Digital!

Nota do Autor: Espero que este artigo tenha lhe esclarecido algumas dúvidas a respeito de Lojas Virtuais. Se ainda estiver com dúvidas a respeito deste assunto não exite em nos enviar um e-mail para thayus@estrategiascriativas.blog.br com a sua dúvida, crítica ou sugestão, será um imenso prazer lhe retornar e poder ajudar.

#ecommerce

O QUE ACHOU DESTE ARTIGO?

MAIS ARTIGOS